Suba arquivos no Oracle Object Storage Classic com FTM CLI

Quando você tem alguns arquivos para subir no Oracle Cloud Object Storage Classic, você pode fazer isso usando os botões de upload na interface web e é muito fácil!

Mas quando você quiser fazer upload de centenas ou milhares de arquivos organizados dentro de pastas, precisará de uma ferramenta para facilitar a tarefa. Neste post, você aprenderá a usar o Oracle Cloud Infrastructure Object Storage Classic File Transfer Manager command-line interface (FTM CLI) para fazer upload desses arquivos na Oracle Cloud.

Antes de tudo, faça download do FTM CLI aqui: http://www.oracle.com/technetwork/topics/cloud/downloads/storage-cloud-upload-cli-3424297.html.

Descompacte o arquivo e edite o arquivo ftmcli.properties usando suas informações de ambiente.
Na maioria dos casos, você só precisa alterar o nome de usuário e a REST Endpoint URL.

#---------------Account parameters---------------

# Your user name if you're using FTM CLI 2.4.
# In case of FTM CLI 2.3 or earlier, user=Storage-acme:jack.jones@example.com
# OR similar to user=Storage-7b16fede61e1417ab83eb52e06f0e365:jack.jones@example.com
# for a REST Endpoint (Permanent).
user=jack.jones@example.com

# REST Endpoint URL for your account
# In case of REST Endpoint (Permanent), use similar to the following:
# https://storage-7b16fede61e1417ab83eb52e06f0e365.storage.oraclecloud.com/v1/Storage-7b16fede61e1417ab83eb52e06f0e365
rest-endpoint=https://acme.storage.oraclecloud.com/v1/Storage-acme

Copie a pasta que você deseja subir para o Oracle Cloud dentro da pasta FTM.

Abra um terminal e execute o seguinte comando.

java -jar ftmcli.jar upload flower_photos flower_photos

Digite sua senha para iniciar o upload.

Aguarde até que seus arquivos sejam enviados para a nuvem.

Quando o upload estiver concluído, todos os seus arquivos estarão na nuvem e você poderá usá-los.

Divirta-se!

Autor: Waslley Souza

Consultor Oracle com foco em tecnologias Oracle Fusion Middleware e SOA. Certificado Oracle WebCenter Portal, Oracle ADF e Java.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *