Machine Learning: Classificação usando Python e Oracle ATP

Continuando o último artigo quando criamos um Jupyter Notebook e usamos o python para nos conectarmos a uma instância do Oracle Autonomous Transaction Processing Database, agora é hora de executar uma classificação usando a biblioteca de machine learning chamada Scikit-Learn. Esta é uma demonstração simples usando o dataset Iris e em um futuro próximo eu pretendo mostrar um caso de uso mais real. You can download the notebook here: https://github.com/waslleysouza/oracle_autonomous_jupyter/blob/master/atp_classification.ipynb. […]

Conecte-se ao Oracle ATP através do Jupyter Notebook

Você conhece o Jupyter Notebook? O Jupyter Notebook é um aplicativo web de código aberto que permite criar e compartilhar documentos que contêm códigos, equações, visualizações e texto narrativo. Você pode usá-lo para limpeza e transformação de dados, simulação numérica, modelagem estatística, visualização de dados, machine learning e muito mais. Eu gosto de usar o Jupyter Notebook para meus projetos de machine learning porque é uma ferramenta muito útil. Em um dos meus projetos […]

Criando um Oracle Autonomous Transaction Processing (ATP) Database

Continuando nossa jornada sobre as soluções da Oracle Cloud Infrastructure, agora é hora de falar sobre as soluções mais inovadoras em banco de dados dos últimos tempos, os Oracle Autonomous Databases! Você pode usar duas opções do Oracle Database líder de mercado em um ambiente ajustado e otimizado para diferentes carga de trabalho: Autonomous Transaction Processing (ATP) é um banco de dados para uma carga de trabalho transacional, com um viés em direção a altos volumes de acesso a dados […]

Criando um Oracle Database Virtual Machine no OCI

Como qualquer pessoa de TI sabe, o Oracle Database é o melhor banco de dados e o mais utilizado pelas empresas. Se você usa o Oracle Database em seu próprio datacenter, você precisa saber que pode migrar e executar esses bancos de dados na Oracle Cloud, até mesmo se você usa as Oracle Database Options, Exadata e RAC. Alguns dos benefícios que a nuvem oferece são a facilidade e a velocidade de criar instâncias de banco de dados com diferentes versões, poder de computação e armazenamento, bastando […]

Acessando o Oracle Cloud através do Eclipse IDE

Continuando o meu último post quando criamos uma nova instância do Oracle Database Cloud Service, neste post, acessaremos o Oracle Cloud através do Eclipse IDE para criar algumas tabelas. Antes de tudo, vá e faça o download do Eclipse IDE for Java EE Developers. Neste momento, a versão mais recente do Eclipse é a Mars.2, mas recomendo que você verifique a versão atual aqui: Eclipse downloads page. Descompacte o arquivo baixado e clique duas vezes no arquivo eclipse.exe para iniciá-lo. […]

Começando com o Oracle Database Cloud Service

Quando você precisa instalar e criar uma nova instância do Oracle Database, há várias etapas para as quais você precisa se preocupar de acordo com o Guia de Instalação Oficial. Eu sou um desenvolvedor que não quer se preocupar com a instalação (uma tarefa chata), eu só quero usar uma instância de banco de dados para desenvolver minhas aplicações. O Oracle Cloud facilita sua vida e você não precisa se preocupar com a instalação, apenas os detalhes de configuração de sua instância do Oracle […]

Instalação do Oracle WebCenter Portal – Parte 1: Oracle Database XE

A criação do ambiente de desenvolvimento do Oracle WebCenter Portal não é um bicho de sete cabeças, mas pode ser um pouco complicado para desenvolvedores iniciantes, devido a grande quantidade de componentes a serem instalados. Pensando em ajudar os desenvolvedores que desejam começar com o Oracle WebCenter Portal, resolvi criar esse tutorial, mostrando a instalação de cada um dos componentes abaixo: Oracle Database XE 11g R2 JDK (Java Development Kit) Oracle WebLogic Server 10.3.6 […]